quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013
0 comentários

A Cidadã

Muita gente gosta, muita gente odeia, muita gente me olha na rua e quer passar o carro por cima de mim... Normal, faz parte! Muita gente conhece desde o início, muita gente já lê a muito tempo e tem gente que só descobriu a existência do Blog A Cidadã esta semana... Mas e você, sabe a história de como o blog surgiu?
Então neste post vou contar um pouco da história e do motivo pelo qual este blog existe. 
Há três anos eu, Paloma Silva, fiz um blog pessoal com um endereço diferente deste, era uma blog apenas para escrever meus contos, poemas, sonhos e etc.. Porém, naquele tempo um buraco foi aberto na rede de esgoto da minha rua que sempre arrebentava e deixava aquele esgoto escorrendo pela rua constantemente. Este buraco foi aberto e se encheu de esgoto, não era um buraquinho qualquer, era realmente fundo e grande. O cheiro ruim impregnou toda a rua e me lembro bem que tinha muitas crianças na rua brincando e qualquer um sabe que o esgoto transmite inúmeras doenças. Fiquei indignada por isso, era uma falta de respeito imensa com os moradores daqui e resolvi escrever sobre isso. Nesta mesma época o finado ex-vice-presidente José Alencar visitava nossa cidade e eu com toda a ironia que Deus me deu fiz um texto pra lá de sarcástico que já teve um impacto sobre nossa cidade. Dois dias depois o buraco foi fechado. Desde aquela época comecei a fazer post sobre quase tudo relativo a nossa cidade. Era post sobre saúde, cultura, lazer, esporte e cada vez mais, mais leitores começaram a ler o blog e comentar. Dois anos depois, já com quase 10 mil visitas, era hora de mudar as coisas, troquei o endereço do blog por este atual, troquei template e fiz mais outras inúmeras postagens. 
E as críticas começaram, pessoas dizendo que eu estava me metendo onde não devia e eu respondia simplesmente com as leis que me davam o direito de estar fazendo tudo aquilo e que eu poderia fazer muito mais. Outras que se diziam cultas simplesmente dizendo que eu por não ter maioridade não poderia fazer aquilo, afirmavam que eu não tinha direitos políticos e etc. e tal e novamente eu respondia com meus direitos. Apesar das duras críticas, tinha muita gente que me apoiava demais e este foi o meu gás para continuar fazendo este trabalho.
E que trabalho é este? Muita gente desconhece os seus direitos, desconhece que pode cobrar o que foi prometido, que pode exigir das autoridades os seus direitos na constituição, como, por exemplo, direito a saneamento básico e muitos outros. Esse desconhecimento é que gerava as criticas negativas a este trabalho, as pessoas me diziam que eu não tinha um direito que elas nem sequer sabiam que existia. E isto me deixava indignada. O blog A Cidadã então sempre traz cobrança do que foi prometido, sempre traz as leis que garantem o poder de liberdade de expressão e mostra problemas da cidade que merecem o olhar das autoridades. Temos que entender que se não falamos nada, as autoridades vão pensar que está tudo bem, que todo está satisfeito quando, na verdade, não estamos, mas simplesmente omitimos os problemas. Nós, cidadãos, temos o poder nas mãos, pois somos nós que elegemos, somos nós que pagamos impostos, somos nós que movimentamos a economia do país e fazemos com que ele cresça perante os olhos do mundo. E se somos nós que fazemos isso, porque deixamos então que nos façam de bobo? Porque nos queremos e é isso que A Cidadã veio pregar. Veio pregar e mostrar o seu direito como cidadão!
Há algum tempo eu havia parado de postar porque a política havia chegado e certas coisas que aconteceram entre eu e a política me deixaram enojada, então resolvi deixar o blog morto. Porém, um dia fui visualizar o blog e notei que já estava com 18 mil visitas, pensei comigo que era hora de reviver o blog, pois a revolução continua. Apesar de todo bafafá da política, eu acreditei na mudança e ela aconteceu, Graças a Deus! Eu acredito muito no prefeito, no seu vice e nos vereadores, mas não é por isso que o blog vai deixar de ter voz. As vezes as autoridades estão ocupadas e acabam não vendo alguns probleminhas e nem ao menos enxergando oportunidades de mudança e A Cidadã estará lembrando cada um deles disso, denunciando problemas, pedindo investimentos, sempre com grande criticidade e credibilidade, pois aqui a mudança tem nome, endereço e rosto. 
E eu? Continuarei aqui puxando orelha, parabenizando, polemizando e sendo um canal aberto a qualquer sugestão, comentário ou crítica que esteja por vir.
Muito obrigada a você, leitor, responsável por estas 20 mil visitas que o blog teve e espero contar com vocês para chegarmos cada vez mais longe e cada vez possamos juntos lembrar as autoridades que nós estamos ligados nos problemas da nossa cidade e cheio de ideias para melhor a nossa Rio Paranaíba. Pois, A Cidadã não é sou eu, é você, seus pais, seus irmãos, seu vizinho, é todo mundo que sabe dos seus direitos e exerce os deveres!
Compartilhem os post para que ganhemos mais leitores e mais adeptos da mudança!
O meu muito obrigada e um grande abraço da Cidadã, Paloma Silva!



0 comentários :

Postar um comentário

 
Toggle Footer
Top